Arquivo da tag: foto noturna

BUENOS AIRES – ARGENTINA.

Postado por: José De Mauro.

Retorno de Buenos Aires, minha visita anterior foi por volta de 1990, talvez pouco antes. Porto Madero, que era um projeto na visita anterior agora existe e foi bem planejado e bem executado. Algumas coisas melhoraram e outras se perderam.

Vamos começar: a Argentina não é um lugar mais barato do que o Brasil. Já foi, pode voltar a ser mas hoje os preços se equiparam aos nossos. A malandragem também, cuidado com produtos de segunda ou terceira sendo vendidos como de primeira, cuidado com os táxis, pense que está no Rio de Janeiro ou em outras cidades turísticas da América do Sul…

Porto Madero é uma surpresa, bem feito, limpo, boa estrutura. A Boca é uma tristeza, antes um lugar folclórico com as construções antigas, dançarinos de tango e músicos de rua. Hoje, bem conservada é verdade, um amontoado de lojas que vendem regalos e recuerdos, restaurantes abaixo da média e dançarinos que viraram personagens com os quais se pode tirar fotos, por uma módica colaboração.

A Calle Florida também caiu – menos requinte mais recuerdos… Tive essa mesma impressão da Recoleta, mais pedintes, com menos idade e uma queda de qualidade histórica encoberta por uma eficiência maior, males da globalização? Ou apenas o resultado da necessidade de sobrevivência? Quando ando hoje por São Paulo ou pelo Rio de Janeiro tenho essa mesma impressão, massificamos a tradição e para isso abrimos mão de parte da origem.

Fiquei hospedado no Hilton Buenos Aires, um ótimo hotel. De contratempo o fato de seguir rigidamente os horários cosmopolitas, o bar fecha as 22:00 impreterivelmente numa cidade que vive noite a dentro, o serviço de reserva de carros tenta colocar para os hóspedes carros que cobram o triplo de um táxi comum, melhor correr o risco com os táxis de rua onde pode ser que nada de errado ocorra.

Vamos falar do que é bom por lá, as pessoas com quem conversei são mais amigáveis hoje do que antes, o bairrismo antes era maior, a carne continua insuperável, o melhor bife ancho do mundo continua morando lá. E o tango continua sendo o tango, se for para Buenos Aires vá assistir, o Madero Tango tem uma versão mais atual mas a força sobrevive, é arrebatador. A Primeira Dançarina é de Curitiba, se quiser uma versão mais conservadora vá ao Viejo Armazém. Os vinhos também melhoraram, alguns se perderam na imitação do padrão “Robert Parker” outros melhoraram sem perder a individualidade e a ligação com a terra, melhores dos que a maioria dos vinhos brasileiros, uma ótima surpresa, a cerveja Quilmes é boa e tem bastante Stella Artois por lá.

Os aeroportos são tão chatos quanto os nossos mas, pelo menos no período que estive neles os voos saem nos horários. Importantíssimo, pelo menos para mim, vários restaurantes tem café expresso da Nespresso.

De volta a luta, de volta ao blog amanhã mais uma receita.

Anúncios

BLUES EM BÚZIOS.

Postado por: José De Mauro.

Em Búzios a noite termina depois do nascer do sol e o dia começa a uma da tarde ou como gosto de dizer as 13 da madrugada. É comum nas pousadas que o café da manhã se estenda até o meio-dia. A noite também começa bem tarde, jantar? Só depois das 11 da noite.

E a noite vai no ritmo. Esta foto foi tirada pouco depois da meia-noite, muito cedo portanto, quando o músico montava e afinava os instrumentos e eu, recém-chegado a cidade, tomava meu segundo copo.

CAPOEIRA DA BAHIA.

Postado por José De Mauro.

Um show para turistas onde as imagens e o local são preparados para agradar. Devo dizer porém que o efeito é alcançado.

CHAMPS ELYSEES – PARIS.

Luzes do final de ano, brilham em todo mundo, estas em Paris me lembram do frio do começo de Janeiro e dos passeios a noite pela cidade atras de um jantar e um pouco de calor. Para a Patrícia o jantar e muito calor, se possível com uma praia por perto.

Pelo menos uma foto- Fim de ano, a noite em São Paulo.

Postado por: José De Mauro

Não consigo olhar para uma rua de São Paulo sem notar um pisca-pisca ou outro tipo de enfeite de Natal. Por mais modesto que ele seja estará lá, comemorando ou pedindo uma razão para comemorar.

Selecionei 3 fotos que tirei nesta última semana e que retratam bem o que digo.

FELIZ ANO NOVO.