Arquivo da tag: charuto brasileiro

DONA FLOR PURO MATA FINA ROBUSTO.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

A MARCA Dona Flor tem bons charutos. Este Robusto é exemplo disso, a capa escura e rugosa com pouco brilho com nervuras finas bonita visão prejudicada apenas pelo celofane que envolve o charuto.

Boa queima, fluxo adequado e uma boa fumada até o final. Único repara é quanto a deformação da cabeça do charuto, região que merecia um maior cuidado por parte do torcedor.

Uma fumada prazeirosa de cerca de 1 hora, custa por volta de R$ 20,00 a unidade nas tabacarias de São Paulo.

Anúncios

RECÔNCAVO BAIANO – A TERRA DO CHARUTO BRASILEIRO PARTE II.

Postado por: josé De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Após publicar o post anterior sobre este assunto encontrei mais um mapa onde a região do Recôncavo é mostrada, trata-se de um livro da minha coleção que estava emprestado para pesquisa.

Este mapa faz parte do livro Suerdick S/A – Charutos e Cigarrilhos editado em 1955 pela Suerdick, na comemoração de seus 50 anos e impresso pela Tipografia Manú Editora Ltda. é o mapa mais antigo onde constam os limites das regiões Mata Norte, Mata Fina e Mata Sul da literatura pesquisada.

Post anterior:

https://retrogosto.wordpress.com/2011/06/08/reconcavo-baiano-%E2%80%93-a-terra-do-charuto-brasileiro/

RECÔNCAVO BAIANO – A TERRA DO CHARUTO BRASILEIRO.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Apesar da qualidade do charuto nacional, perde para os cubanos e dominicanos, com exceções e empata ou ganha dos demais países produtores, as informações a respeito deles é escassa, em parte devido ao combate ao consumo do fumo e em parte devido as características próprias do universo do charuto que normalmente não leva a sério as regras, quando elas existem.

Primeiro devemos esclarecer uma confusão a cerca das denominações “Mata Fina e Mata Norte”, esses termos designam as regiões de cultivo e não um tipo de tabaco ou planta como, às vezes, pode parecer.

O fumo de qualidade para o charuto é produzido no estado da Bahia, nas regiões conhecidas como Mata Fina e Mata Norte, localizadas no entorno da Baia de Todos os Santos, região conhecida como Recôncavo baiano, que e pelas características históricas, de clima e de solo englobam a área Metropolitana de Salvador, embora a divisão administrativa atual não seja essa.

Ao tentar traçar os limites dessas regiões esbarra-se em uma confusa massa de informações, ora incompletas ora conflitantes pelos motivos abaixo:

Limites políticos – embora as divisões em zonas englobem os municípios como um todo, pode ocorrer das condições de solo e clima não serem homogêneas em todo o seu território.

Divisão Administrativa – por motivos de facilitação da administração, alguns municípios com características de solo e clima compatíveis com as regiões de tabaco enquadram-se hoje em regiões de outra denominação.

Denominação indevida – a exemplo do mercado imobiliário que altera a denominação do bairro para agregar valor aos empreendimentos, alguns municípios se outorgam pertencer a uma ou outra região pelos dividendos dessa participação embora historicamente não haja registro da cultura de tabaco para charutos de qualidade dentro de seus limites ou correspondência do solo e clima local.

Conflito entre as fontes – dependendo da fonte consultada as fronteiras de cada região é posicionada em diferentes locais.

Falta de referência histórica – algumas denominações aparecem em uma ou duas fontes sem um registro mais intenso de sua existência. O município de São Gonçalo dos Campos aparece em alguns lugares como Mata de São Gonçalo embora historicamente seja localizado na região da Mata Norte.

Por tudo isso creio que devem existir erros na divisão que adoto neste post mas, creio ser sua precisão a máxima possível para um pesquisador de meu nível assim como creio que o grosso das informações deve estar correta.

O mapa básico do qual foi retirada a figura deste post é do site: www.sei.ba.gov.br .

Definição do Dicionário Aurélio: recôncavo – [De re- + côncavo.] – Substantivo masculino. – 1. Cavidade funda; gruta, antro, lapa. – 2. A terra circunvizinha duma cidade ou dum porto; enseada. – 3. Bras. Extensa e fértil região da BA; recôncavo baiano. – Recôncavo baiano. Bras. Recôncavo (3).