Arquivo do mês: dezembro 2009

Feliz Ano novo!!!

Olá Pessoal!



Estou no Hotel Rio Othon Palace, vim passar a virada do ano, ver a queima de fogos de Copa. Ainda não consegui passar as fotos para o meu computador assim que der volto para postar!


Desejo a todos um Ano Novo repleto de realizações, saúde, amor, luz, paz, prosperidade e muito, mais muito, muuuuito dinheiro no bolso e no banco!!!!


beijos   



Anúncios

Receitinha – Sabores do Ano Novo!!!

Lentilha
.….Em várias regiões do mundo é esse o alimento que traz fortuna. Como as ervilhas, as lentilhas também evocam morte e renascimento, do grão enterrado na terra renascem múltiplos grãos.

Arroz com lentilha

 (chá) de lentilhas (Deixar a lentilha de molho em água de um dia para o outro.)
 (chá) de arroz lavado e escorrido
 (chá) de água
50 gramas de manteiga
1 caldo de legumes
1 cebola picada
1 folha de louro

Refogado:
50 gramas de manteiga
2 cebolas picadas
4 fatias de bacon


Numa panela, colocar a manteiga e deixar derreter. Fritar a cebola. Juntar o caldo de legumes e a folha de louro. Acrescentar o arroz e o sal (opcional). Mexer. Adicionar a água e deixar ferver e secar um pouco. Colocar a lentilha lavada e escorrida. Deixar secar totalmente. Acomodar o arroz com lentilhas em um refratário e cobrir com o refogado reservado.

Refogado:
Numa frigideira, colocar as fatias de bacon e fritar. Juntar a manteiga e a cebola deixando-a murchar. Desligar e reservar. Deixar a lentilha de molho em água de um dia para o outro.


Fonte:www.livrodereceitas.com




Feliz Ano Novo!!!

Receitinha – Sabores do Ano Novo!!!

Uva
nº 1 da ceia de ano-novo. Come-se 3 dando as costas para a lua, 12 dando pulinhos ou sobre um banquinho, 11 guardando as sementes, não importa! O importante é não faltar uva na ceia de reveillon, fruta que traz boa sorte para o ano inteiro!


Torta de Uva com Chocolate

Ingredientes:Torta de Uva com Chocolate
Massa:
  • 2 pacotes de Biscoito Maisena (400g)
  • 100g de castanha do Pará, picadas
  • 1 xícara (chá) de manteiga ou margarina em temperatura ambiente
Creme de Chocolate:
  • 2 envelopes de gelatina incolor sem sabor
  • 2 latas de leite condensado
  • 2 latas de creme de leite
  • 2 xícaras (chá) de chocolate em pó
  • 4 colheres (sopa) de rum
Para decorar:
  • 1 pacote de Palitos de Chocolate Zabet (70g)
  • Uvas Itália e rubi, sem sementes, cortadas ao meio
Modo de Preparar:
  • Prepare a massa levando ao processador o Biscoito Maisena, a castanha do Pará e bata até obter uma farofa.
  • Despeje numa tigela funda, junte a manteiga ou margarina e amasse bem com os dedos para ligar tudo. Forre o fundo de uma forma desmontável (25 cm de diâmetro).
  • Leve ao forno médio (180ºC) pré-aquecido por cerca de 10 minutos ou até que as beiradas comecem a pegar cor. Reserve.
Prepare o creme de chocolate.
  • Dissolva a gelatina em 6 colheres (sopa) de água fria, leve ao banho-maria ou microondas e deixe aquecer sem ferver.
  • Bata no liquidificador, o leite condensado, o creme de leite, o chocolate em pó e o rum.
  • Acrescente a gelatina dissolvida e deixe bater mais um pouco.
  • Despeje o creme de chocolate sobre a massa, espalhando bem com a ajuda de uma colher.
  • Leve à geladeira por 3 horas.
  • Retire a torta da geladeira, desenforme, decore por cima com as uvas e as laterais com Palitos de Chocolate Zabet.
  • Sirva a seguir.
Feliz Ano Novo!

Sabores Rio Grande do Norte – Praia da Pipa

Acordar com aquele dia bem ensolarado, praias limpas, águas quentes e clima fresco ao mesmo tempo, um lugar que não dá vontade de voltar para casa…o tempo é lento…as pessoas são calmas, simples e receptivas. A primeira vista, você acredita que a Cidade passou por um treinamento coletivo de como tratar bem turistas. 


Fiquei na Pousada Toca da Coruja na Praia da Pipa.


A Pousada  é simplesmente magnífica, fiquei no bangalô de luxo n.23, inesquecível, quarto limpo, bem estruturado, organizado, Tv de LCD, DVD, Biblioteca e vários Titulos de livros e filmes a disposição, e a tudo com a maior privacidade. Sauna, piscina, bar, academia lan house, é tudo impecável. 
A reclamação que eu tenho é só uma: Eles não me indicaram o Restaurante da Pousada, indicaram um outro que fica na Vila da Pipa que se chama Panela de Barro – cozinha Capixaba, mas não era bem o que eu queria,  a comida é boa e o preço honesto, mas não chega aos pés do Oca Toca que é o Restaurante da Toca da Coruja . As fotos a seguir são dos pratos degustados.
   



Este é o couvert: Pão de leite feito no local, no palitinho tomate cereja, salaminho, palmito e um pesto de manjericão por cima, ao lado queijo de cabra e beringela.  



 Salada de alface com molho curry, casquinha feita com massa filo e recheio de  siri, no recipiente molho curry …um mistura deliciosa! 





Carne de sol recheada de queijo coalho, com palito do mesmo queijo, purê de mandioca com e passoca de carne seca. Bem regional e muito saboroso. 





Risoto de rabada servido dentro da casca de abobrinha, e ainda, um pedaço da rabada inteiro…por sinal a rabada mais bem feita que eu já comi, no ponto certo, super macia e bem temperada, o molho ficou pouquinho doce demais, e na taça: Creme brulee de Foie Gras. Campeão do 5 Festival Gastronomico da Pipa.



Risoto de limão galego, envolto com filés de cavala ao molho cítrico e calda de pitanga. Este  foi o prato vencedor do 4 Festival Gastronomico da Pipa, a mistura de ingredientes tão leves e refrescantes enche a boca, tem frescor, cremosidade e muito, muito sabor. 



Maravilhosa! A Toca da Coruja é nota 10!

A equipe  é muito eficiente e atenciosa. O maitre foi elegantemente atencioso, sem excessos e consistente . A cozinha e o atendimento se comparam aos melhores Restaurantes de São Paulo. O verde das plantas e a decoração rústica encantam.


Este, já me deixou muita saudade!


Estabelecimento: Oca Toca Pousada Toca da Coruja
Endereço: Av. Baía dos Golfinhos, 464, Pipa
Tel.: (84) 3246 – 2226
Horário: 13:00h às 24:00h
Aceita: R$, Ch, Am, Cr, Dn, Ms, Hiper, Vs




OBS: Não precisa ser hóspede para conhecer o Restaurante. 

Sabores de São Paulo – Brasil a gosto!

Falar de São Paulo é uma grande e longa história, lugares sabores e cheiros mais atenuados do que nunca neste lugar.


Vou começar citando um lugar maravilhoso no qual a minha presença é frequente: Brasil a gosto, a paixão na qual a Chefe Ana Luiza Trajano tem pela gastronomia, ultrapassa os sabores e deixa na gente a saudade…humm a saudade da comidinha da mamãe ou mesmo de algum lugar que você visitou neste Brasil tão grande. A simplicidade do ambiente e o requinte do atendimento nos deixa mais a vontade ainda, sabe aqueles lugares que você vai para almoçar e quando você se dá conta já está na hora do jantar ? É essa a forma mais contundente de explicar o aconchego do restaurante. As fotos que coloco a seguir são pratos provados e aprovados por mim um trilhão de vezes…


Este é o couvert: Pães feitos na casa, de leite, queijo, milho e abóbora. biscoito polvilho, manteiga aviação, manteiga com farinha de castanha de baru e requeijão  com pesto de cheiro verde.




Aqui está um petisco simplesmente ma-ra-vi-lho-so! Neste caso em especial temos dois tipos de petisco juntos: meio a meio. Meia porção de bolinho de piracuí empanado com farinha de tapioca sensacional a crocância dos flocos de tapioca com a cremosidade da parte interna do bolinho acompanha molho rose com pesto de cheiro verde (este é do menu especial em homenagem ao Pará e ficará até Janeiro).  A outra metade é casquinha de camarão com farofa dendê e cebolinha um pedida que deixa saudade e aquela vontade de só ficar no petisquinho e deixar o almoço para próxima.



Que sabor! Costelinha de tambaqui com salada e tutu de feijão manteiga de Santarém com crocante de castanha do pará…se for adepto, tem uma pimentinha da casa que é arretada…este prato é do menu especial do Pará que fica até o fim de Janeiro.



Filé de Tilápia com purê de mandioquinha e redução de cebola…é um sabor delicado…uma ótima idéia de mistura.



Bem, eu frequento este restaurante a 3 anos e sempre aprecio pratos maravilhosos e sensacionais, mas para mim este camarão com palmito pupunha e vinagrete de laranja, é o campeão da casa, menu tradicional da casa. É um prato leve e bem tropical.

   
Bananada com sorvete de nata e chips de coco…muito delicado.



Este sorvete me derrete, fez parte da minha infância e hoje eu posso me deliciar e voltar no tempo aos domingos no Brasil a gosto. É um sorvete simples de groselha feita naquelas máquinas antigas italianas, para mim é mais do que o simples e delicado sabor…mas a volta ao tempo que ele me leva.

   
E para encerrar, nada melhor do que o bom café, ex
presso, honesto e de torra correta.



É tudo muito gostoso, com produtos de ótima qualidade! 


Onde Fica?
Rua: Professor Azevedo do Amaral, n. 70
Travessa da Rua: Barão de Capanema – Jardins /São Paulo- SP
Tel: (11) 3086-3565 





Sabores do Rio de Janeiro!

               O Rio de Janeiro surpreende não só por sua beleza, mas pela hospitalidade, riqueza e variedade gastronômica, incluindo criações que viraram marca registrada, como a sopa Leão Veloso, o filé a Oswaldo Aranha, o camarão com chuchu e o picadinho de carne, também conhecido como picadinho carioca, embora não seja uma criação carioca, foi a partir do Rio que a caipirinha ganhou o Brasil e o mundo. 

A cultura e a história de um povo, ou de uma região, se expressam de diversas formas. Uma delas, com certeza, é a gastrônomia. Incrível, como este lugar, além de lindo é também muito saboroso!


Esta delícia, de sabor inigualável, é a Sopa Leão Veloso. Bem elaborada é feita com peixe, siri, lula, marisco e camarão. 



Filé a Oswaldo Aranha:


 O filé à Oswaldo Aranha é do bar Pirajá, Primeiro bar Carioca em São Paulo.
Onde Fica?
Av: Brigadeiro Faria Lima, n. 64 – Pinheiros 
Tel: (11) 3815 -6881




Curiosidade sobre este prato:

Filé à Osvaldo Aranha é um prato típico carioca, homenageando o político gaúcho Osvaldo Aranha. Consiste em um filé mignon alto ou um contra filé, temperado com alho fatiado, acompanhado de batatas,arroz branco e farofa.
O prato recebeu seu nome em homenagem ao diplomata brasileiro Osvaldo Aranha, que entre as décadas de 19301940, costumava almoçar no restaurante Cosmopolita, cujo apelido era “Senadinho” na LapaRio de Janeiro, local de concentração de políticos na época. Ali odiplomata costumava almoçar o prato que levou seu nome. Oswaldo Aranha também pedia o mesmo prato no Café Lamas, que na ocasião também o incorporou ao cardápio.
Fonte: Wikipedia


Camarão com Chuchu:

 A  Confeitaria Colombo no Rio de Janeiro com salões em estilo art nouveau, serve de cenário para você se deliciar como o camarão ensopadinho com chuchu, receita que aparece até na letra de Disseram que eu voltei americanizada, sucesso cantado por Carmen Miranda. A dobradinha é servida com arroz branco, batata palha e farofa-de-dendê por R$72,00, para duas pessoas.

Onde Fica?
Rua: Gonçalves Dias, 32, Centro, Rio de Janeiro tel. (21)  2505-1500 (180 lugares).



Picadinho Carioca:

<a href="http://pedacinhosdomundoetcetal.files.wordpress.com/2009/12/comida
11.jpg” style=”margin-left:1em;margin-right:1em;”>
       
 Segundo eu li a um tempo na revista Veja São Paulo, acredita-se que o prato tenha surgido na época de ouro dos cassinos cariocas. Era a refeição completa e substanciosa para encerrar uma noitada de shows e de apostas, servida antes do amanhecer. Das casas de jogos, teria migrado para antigas boates de Copacabana, como o Beco das Garrafas e a Dominó, que se encarregaram de popularizá-lo. Espalhou-se então por todo o país. Na receita do restaurante português, a carne é cortada na ponta da faca e refogada com azeite, alho e cebola. O toque especial está em adicionar um molho, apurado ao longo de uma semana. De companhia, ovo poché, banana frita, arroz e caldo de feijão.
Esse foi só um pedacinho do meu Rio de Janeiro, ainda tem mais!