Arquivo do mês: março 2011

COSTELA DE TAMBAQUI.

Postado por: José De Mauro.

Não é repetição da receita da costelinha de tambaqui, menor mais suave e sem a pele do peixe. Esta receita é com a costela do peixe adulto, basicamente com 3 partes, como mostrado em uma das fotos, o lombo, a costela e a pele que deve estar crocante e sequinha ao sair do forno.

Ingredientes para duas porções:

400 a 500 gramas de costela de tambaqui

Sal a gosto

Pimenta do reino moída na hora o quanto baste

Modo de fazer:

Limpe e retire as escamas do peixe, lave-o bem e deixe escorrer. Tempere com o sal e a pimenta do reino, Coloque o peixe, com a pele para cima, em uma forma que possa ir ao forno de modo a separa-lo da gordura que irá escorrer, para que ele asse por igual, ganhe cor e a pele fique crocante. No meu caso usei uma pequena forma invertida no fundo da forma principal. Cubra com papel alumínio e asse por cerca de 30 minutos a 200oC, retire o papel alumínio e deixe a pele tostar, certificar-se que ficou crocante, com uma faca afiada separe em duas partes iguais no sentido do comprimento e monte em prato decorado. Servi esta receita com os tomates secos “express” e agradou bastante.

O tambaqui é um peixe com bastante gordura que deve ser eliminada ao assa-lo e portanto dispensa o uso de óleo e azeite.

Link para a receita dos tomates:

https://retrogosto.wordpress.com/2011/03/17/tomates-secos-%E2%80%93-minha-receita-express/

Link para a receita da costelinha de tambaqui:

https://retrogosto.wordpress.com/2011/01/09/costelinha-de-tambaqui-da-patricia/

JOHNNIE WASH – VISITA DE 26/03/2011.

Postado por: José De  Mauro.

Para quem tem uma moto custom este local é conhecido. Misto de lava motos oficina, loja, mecânica e bar acaba sendo ponto de encontro dos proprietários dessas pesos pesados. Enquanto espera sua moto ser lavada dá para passear pela loja, agendar uma manutenção, jogar uma partida de bilhar ou simplesmente comer e beber alguma coisa. Tem uma boa picanha na chapa, porções e lanches além de bebidas em geral e… vende charutos, uma pequena variedade de cubanos e nacionais fica disponível em um umidor próximo ao bar.

A boa notícia é que podem ser fumados no deck da frente, descoberto e permitem que você fume os charutos que leva consigo e não apenas os comprados no local. A frequência é predominantemente masculina, afinal as Harley-Davidson são um bocado pesadas e por isso não muito populares junto as mulheres.

Costuma lotar nas Sextas a noite quando rola um rock ao vivo e nas manhãs dos sábados e domingos.

Endereço            Avenida Doutor Cardoso de Mello, 570 – Vila Olímpia – São Paulo – SP

Telefone             (11) 3044-1195

Site                        http://www.johnniewash.com.br/

SOBREMESA REFRESCANTE DE MORANGO.

Postado por: Patrícia De Mauro.

Fiz esta receita a alguns fins de semana atraz, infelismente, para ele, o Mauro estava com a garganta ruim e não saboreou nada gelado durante esses dias. Na segunda-feira a sobremesa dele sumiu, bom fica para a próxima vez.

Ingredientes para duas porções:

Para a gelatina:

150 gramas de açúcar

250 gramas de morangos cortados em pedaços

250 ml de água

1 pacote de gelatina sem sabor em pó

Para a decoração:

200 ml de creme de leite

1 colher de sobremesa de açúcar de confeiteiro

2 morangos para decorar

Modo de fazer:

Gelatina:

Em uma panela leve o açúcar ao fogo baixo, deixe derreter sem mudar de cor, misture ¾ dos morangos cortados. Vá colocando a água aos poucos e cozinhando lentamente. Após os morangos ficarem sem cor coe o líquido e retorne-o a panela, misture a gelatina sem sabor com cuidado para dissolver bem, deixe esfriar um pouquinho e coloque nas taças com a parte restante dos morangos cortados, leve a geladeira para que fique no ponto de gelatina.

Decoração:

Bata o creme de leite com o açúcar de confeiteiro até ficar no ponto de chantilly, jogue por cima da gelatina de morango, coloque o morango por cima e sirva em seguida.

GUANTANAMERA 25 MINUTOS.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Praticamente impossível resistir, charutos cubanos legítimos a R$ 7,00 a unidade mesmo que sejam feitos a máquina com “short filler” e venham em uma caixa de papelão.

O Guantanamera é uma marca de baixo custo comercializada internacionalmente desde 2002 usa fumos da região cubana de Vuelta Arriba, a segunda maior produtora de tabaco em Cuba, seu nome homenageia a canção de mesmo nome feita em 1928 por Joseito Fernandez.

Fabricado totalmente a maquina já vem com a cabeça aberta, o que facilita o processo mecanizado, capa colada lateralmente no fechamento, capote normal e bucha de fumo picado, é um charuto leve em força com aroma compatível, bom fluxo e final agradável, cinza frouxa que se solta com facilidade gerando muitas escamas, requer algum cuidado para não sujar as roupas e o ambiente.

Um Nota 2, quase 3 em 5 possíveis com excelente custo benefício é uma boa opção para se carregar quando necessitamos de uma fumada rápida, sua fumaça dura em média 20 minutos, se largado no início do último terço cerca de 12 minutos, compatível com uma parada durante o trabalho ou a fumada fora de um restaurante.

PANCETTA – BARRIGA DE PORCO PURURUCA.

Postado por: José De Mauro.

O nome pancetta, em italiano, designa o corte de carne de porco da barriga, normalmente uma peça é metade da barriga do porco, carne macia, sem osso, entremeada de gordura e ainda com o couro anexo a peça. Denomina também um embutido feito pela cura dessa peça enrolada com sal e muita pimenta do reino. Esta receita é sobre a peça “in natura”. Costumo comprar a pancetta no Mercadão Central de São Paulo, na banca Porco Feliz, para mim a qualidade deles é inigualável. Escolho sempre uma peça que possua mais carne do que gordura, se for comprar faça o mesmo, os atendentes não reclamam se você quiser olhar meia dúzia de peças antes de decidir. Outra dica, uma peça satisfaz com tranquilidade 6 pessoas e eu recomendo não congelar esta carne crua, muda o gosto do assado, portanto compre a peça para um almoço farto ou divida a compra com mais alguém. Na receita preparei cerca de ½ peça.

Ingredientes para 2 a 3 porções:

½ pancetta “in natura”

1 quilo de sal grosso

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de fazer:

Em uma assadeira espalhe sal grosso, formando uma camada de pelo menos 1 centímetro, esfregue a pimenta do reino na peça de carne e coloque-a sobre o sal, despeje um pouco de sal sobre a peça, se sobrou algum sal despeje na assadeira em volta da carne. Apesar da grande quantidade de sal a carne absorverá apenas o necessário e o sal puxará a gordura da peça deixando-a sequinha. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré aquecido a cerca de 200oC por 45 a 60 minutos.

Após esse tempo retire a forma do forno, jogue o papel alumínio fora e limpe o couro que recobre a carne para retirar o sal em excesso, costumo usar um pincel de silicone para retirar o grosso e limpo a peça com papel absorvente levemente embebido em óleo vegetal.

Retorne a carne ao forno agora na temperatura de 230oC, coloque a assadeira na parte superior dele para tostar mais a parte do couro a asse até a pele ficar dourada e crocante, não deixe queimar, no meu forno elétrico com o tostador e a convecção ligados demora cerca de 75 minutos, costumo efetuar a primeira fase em formo convencional e a segunda utilizando os recursos do forno elétrico, no forno convencional pincelar o couro com óleo bem quente ajuda a fazer o pururuca. Sirva com uma salada de sua preferencia e, se quiser, rodelas de limão. Uma última observação, caso deseje as laterais dos pedaços cortados com a mesma aparência dourada das laterais da peça passe-os em uma frigideira antiaderente bem aquecida, sem utilizar óleo, até que fiquem na cor desejada.

CAMACHO COROJO 11/18.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Um charuto diferente dos cubanos e brasileiros, fabricado em Honduras com bucha, capote e capa corojo, capa de tonalidade quase negra, bom amadurecimento tem aroma próprio, forte na garganta e no nariz, aparência imponente, duas anilhas, uma delas no pé, é uma experiência para lembrar.

O formato, apesar de diferente dos demais torpedos atuais, é o que inicialmente recebeu o nome de torpedo, com 6”, 152mm de comprimento e calibre 54 no ponto mais largo e 48 no mais fino, é uma excelente fumaça de 75 minutos em média. Vem em caixas bonitas, mas difíceis de acomodar no umidor com 21 charutos.

Defeitos: cinza mole cai sem aviso e solta escamas e, é forte desde o início.

Qualidades: Aparência, exotismo, e para quem aprecia charutos fortes a força e o aroma diferenciados. Tenho fumado alguns ao longo do tempo e todos mantém a qualidade no mesmo nível, um nota 4 que recomendo.

PS. Corojo é o nome de uma variedade de tabaco utilizado em Cuba para confecção de capas, e que produz charutos de primeira em Honduras.

JOELHO DE PORCO DEFUMADO E ASSADO.

Postado por: José De Mauro.

De início devo declarar que entre todas as carnes do mundo a de porco é, para mim, a melhor. Se bem preparada é imbatível em sabor e macies e ainda dá para fazer torresmo de qualquer corte com pele!

O joelho de porco, eisbein para os alemães é uma carne generosa e macia, coberta por um pedaço de pele satisfatório com alguns ossos perdidos pelo meio que em nada atrapalham sua degustação se estiver defumada então, melhor ainda pois estará semi pronta.

Neste caso basta aquecer, tostando a pele para que fique crocante e servir com um bom acompanhamento, nas fotos acompanhado por fatias de maçã Fuji, palmito assado veja link abaixo e Focaccia integral, link também abaixo.

O joelho assa em temperatura de cerca de 200oC por cerca de 1 hora e serve de 3 a 4 pessoas.

Acompanhe por um bom branco seco alemão.

Palmito assado: https://retrogosto.wordpress.com/2011/02/04/palmito-in-natura-assado/

Focaccia: https://retrogosto.wordpress.com/2011/03/05/serie-panificadora-%E2%80%93-focaccia-integral/