Arquivo da tag: bares de São Paulo

Feriado Corpus Christi Bares/ Restaurantes em São Paulo

Nos informamos dos horários de funcionamento para o feriado, data 23/06/2011.

Bar da Dona Onça

Av. Ipiranga, 200 – Centro

Telefone: 3257-2016

Horário: 12h00 às 00h00

Carta de cerveja respeitável, comida feita com cuidado, recomendo os mexilhões na cerveja, perfeição!

Mocotó

Av. Nossa Senhora do Loreto, 1100 – Vila Medeiros

Telefone: 2951- 3056

Horário: 12h00 às 17h00
Como o próprio Chef da casa diz: “Cozinha brasileira, comida do sertão”. Feita com perfeição.

Dica: A casa não aceita reservas, em dias normais a fila de espera costuma ser em média 1h (uma hora).

Veloso

Rua: Conceição Veloso, 56 – Vila Mariana

Telefone: 5572-0254

Horário: 17h00 às 00h30

Bar famoso por suas deliciosas coxinhas e caipirinhas.

Arturito

R. Artur de Azevedo, 542 – Pinheiros

Telefone: 3063- 4951

Horário: almoço 12h00 às 16h00 e jantar 19h00 às 00h30

Lugar que costuma ser tranquilo, alta gastronomia. Atendimento não acompanha a cozinha, deixa um pouco a desejar.

Huto – Restaurante Japonês

R. Jandira, 677 – Moema

Telefone: 5052-6804

Horário: 19h00 às 00h00

Ambiente agradável, atendimento de acordo e a gastronomia maravilhosa, diferenciada que lhe é peculiar, peixes e frutos do mar sempre frescos de alto padrão, arroz em sua excelência, feito com perfeição.

Le Marais Bistrô

R. Jerônimo da Veiga, 30 – Itaim Bibi

Telefone: 3071-4635

Horário: almoço 12h00 às 15h00 e jantar 19h30 às 00h00

Ambiente que representa a gastronomia francesa com maestria, recomendo aproveitarem o Festival de Escargot, apreciamos nesta última segunda 20-06, não deixem de pedir o filé -mignon com escargot, divino. O festival vai até dia 28-06-2011.

Brasil a gosto

R. Professor Azevedo do Amaral, 70 – Jardins

Telefone: 3086-3565

Horário: almoço 12h00 às 15h00 e jantar 19h00 às 00h00

A Chef Ana Luiza Trajano, o melhor da cozinha nacional, sempre trás um cardápio extra a cada 3 meses, no menu tradicional você encontra: Atolado de bode, pirarucu grelhado, moqueca vegetariana, tudo feito e apresentado em alto estilo. No Cardápio temático é a vez da cozinha do interior paulista, recomendamos o Suã de porco, cozida em baixa temperatura com canjiquinha e refogado de chuchu.

Fogo de Chão

Av. Moreira Guimarães, 964 – Moema

Telefone: 5056-1795

Horário: 12h00 às 22h30

Considerado o campeão da Cidade, rodizio que oferece carne da melhor qualidade. Atendimento atencioso que corresponde a fama.

Taormina

Alameda Itu, 251 – Cerqueira César

R. Tuim, 839 – Moema

Telefone: 3253-6276

Horário: 12h00 às 16h00

Sempre um menu completo, inclui: antepasto, frutas  de sobremesa,  canolli e café. Todo dia seis opções de massas, como tagliatelle com tiras de abobrinha no gengibre. Custa R$: 37,00 (com frutos do mar) no feriado, sexta, sábado e domingo. Cozinha simples, divinamente siciliana. Recomendo para o prato principal o mafioso.

Desejamos um proveitoso feriado a todos!

Anúncios

BAR DA DONA ONÇA – DATA DA VISITA 04/ 06/ 2011.

Postado por: Patricia De Mauro.

A curiosidade começou quando fui ao Rio e o Mauro foi conhecer o bar, para ser sincera, quem daqui de Sampa nunca teve vontade de passar uma tarde no edifício Copan? Pois é…eu tinha esta louca vontade também, para o feito: um maravilhoso bar no térreo, um charme a arquitetura, bom gosto, gastronomia descomplicada e brasileiríssima, tudo reunido num mesmo lugar: BAR DA DONA ONÇA da Chef Janaína Rueda!

Sábado 14H00 casa cheia, mas para entramos com pé direito, um casal que estava na mesa 1 tinha acabado de pagar e estavam de saída quando chegamos, bem…que maravilha, o pior já tinha passado, ouvia falar que a casa era sempre cheia e com fila de espera, principalmente no sábado que é quando servem a feijoada tradicional com toque criativo da Chef.

Quando você olha o cardápio, parece que cai um parafuso da sua cabeça, tantas coisas que parecem ser gostosas que você quer pedir tudo, mas muita calma nessa hora. Tomamos a principal decisão: Ficar só nos petiscos de bar.

Começamos com a famosa: Mini rabada…sem gordura e com muito sabor, acompanhada de um pão fatiado.

Em seguida o meu favorito: Mexilhão. Nossa, o que é isto? Simplesmente perfeito, eu achei que o mexilhão do Arthurito com champagne era tudo, mas o que é este? A Chef e sua equipe brincaram de fazer comidinha e simplesmente nos pegou no tapetão, sinceramente eu não tinha a mínima ideia que ao definir o restaurante que iríamos estava prestes a conhecer o prato que mais mais me surpreendeu em toda a minha vida, achei que fosse bom, afinal, eu pedi, mas não com a elegância e alto padrão no sabor, como aconteceu. Obrigada Janaína pela experiência. Perfeição dos mexilhões.

Depois: Lombinho de porco a milanesa com compota de maçã. Que delícia, tanto a compota, quanto a maionese de alho no lombinho fizeram uma combinação simples e perfeita.

 

Para encerrar: Fígado de boi em iscas com molho muito especial e chips de jiló – Um detalhe: Não suporto jiló, mas este é especial, parece abobrinha empanada, muito bom.

O Mauro vai falar do vinho que escolhemos para acompanhar esta viagem de sabores:

O vinho escolhido foi o Sedara 2007, um tinto feito da uva Nero d’Avola, IGT siciliano elaborado pela Donnafugata. Escolhi este vinho primeiro por se tratar de um vinho siciliano, a Paty e eu estamos nos preparando para fazer um almoço siciliano para minha família e conhecer os vinhos da região faz parte do processo e por se tratar de um vinho equilibrado nos aromas e sabores o que agrada a Paty, que gosta mais de vinhos brancos e de características menos intensas. O vinho é bem equilibrado, sabor frutado de frutas vermelhas com alguma especiaria, macio desce fácil e se sustenta mesmo sem a companhia da comida embora melhore muito com ela. Único senão: o preço, na Word Wine a garrafa custa R$ 56,00 e no restaurante R$ 122,00. Por esse motivo passei durante o almoço do vinho para a cerveja, não compensava pedir uma segunda garrafa.

Das sobremesas o que mais me chamou a atenção foi o cheesecake de catupiry brulee com calda quente de goiabada cascão, esta eu vou recomendar, mas não vou escrever se gostei, apenas vou mostrar as imagens e vocês tirem suas conclusões.

Simples e perfeito. Permita-se!

Post anterior: https://retrogosto.wordpress.com/2011/04/04/bar-da-dona-onca-%E2%80%93-data-da-visita-26-032011/

Mercatto Caffé – Bar e Restaurante

Postado por: Patrícia De Mauro.

Sexta -feira a noite, depois de uma provinha básica por Bruna Neubern de Lesgislação Comercial e Tributaria, a qual me deixou tonta, só saindo mesmo, bebericar um pouco, para realmente dar o ponta pé inicial para o fim de semana.

A ideia inicial do jantar antes de eu sair de casa para a faculdade, cozinharmos juntos : Costelinha de tambaqui ao forno com vegetais na grelha, mas desistimos.

A vontade de ambos: Um barzinho, conversa fiada, comer besteira, beber  e voltar felizinhos para casa. Fizemos uma pesquisa rápida, afinal, não queríamos passar a noite de sexta no computador buscando um lugar pra ir. Escolhido, nos mandamos para o Mercatto Caffé, tem um salão  central interno agradável até um pouco sofisticado, mas sem pompas, lugar para descontrair mesmo, espaço entre mesas que equilibra bem com a privacidade que a gente quer para conversar a vontade,  uma varanda agradabilíssima, o tempo passa e ninguém percebe, este foi nosso cantinho preferido. Lugar otimo para ir em grupos de amigos, família e a dois.  Fácil acesso e com valet no local, preço de acordo.

Iluminação pontual, música ambiente, após as 23:30 hs aumentam, o que dá um ar mais descontraído ainda, bem divertido, atendimento atencioso.  Cardápio bem diversificado do que encontramos normalmente em bares, só ficamos nos petiscos e um bom vinho.

Noite quente, para beber, pedimos um Riesling, este nunca deixa a desejar.

Vamos ao que interessa, as comidinhas:

LUOVO – ovos quebrados, salmon defumado ou presunto parma, escolhemos com salmon, azeite extra virgem e um tomatinho em cubos, bom. Só um toque: Poderiam bater um pouquinho mais os ovos.

BURRATA – Com azeite e ervas, tomates confitados, pasta de azeitonas e pães: Acredito que as pessoas que pedem este prato, espera e imagina algo sútil, suave, mas sem perder o sabor da burrata que é a anfitriã e deveria receber o tratamento como tal, porém…para dar “O TOQUE” colocaram a pasta de azeitonas pretas, ideia infeliz, no paladar sobrou e ainda fez com que a delicadeza de todo o resto se perdesse, muito forte.

SALSICCHIA –  Linguiça feita na casa e pão fresco – grelhado, delíciosa, o melhor pedido da noite!

POLENTA CREME – Um charme, servida numa panelinha com molho de cogumelos.

O QUE O MAURO ACHOU:O local é bem montado e agradavel, fica onde era o Vila Isabel, esquina da Helio Pelegrino com a Juriti. No geral gostei, excessão a burrata onde o excesso de sabores compromete o prato e pela materia prima em sí dura e consistente em vez de cremosa. O “L’Uovo poderia ser melhor trabalhado mas é bom.

A foto de abertura foi retirada do site: http://www.mercattocaffe.com

BAR DA DONA ONÇA – DATA DA VISITA 26/ 03/2011.

Postado por: José De Mauro.

Uma passada rápida, para tomar uma cerveja e conversar sábado ao final da tarde foi meu primeiro contato com o Bar da Dona Onça. Fica no térreo do Edifício Copan, no centro de São Paulo, local onde estacionar o carro é difícil, considere ir de Metrô ou táxi.

Decoração temática engraçada, bem arrumado e bom atendimento, o local tem cerca de 80 lugares incluindo algumas mesas no lado externo.

Nesta visita só provei poucos petiscos, o bife aperitivo (milanesa) Croc Croc é interessante, tem sardinha frita, R$ 26,00 o prato com 3 unidades, o único endereço de São Paulo fora a minha casa onde achei o prato.

Misto de bar e restaurante não serve chopp mas tem cervejas geladas nacionais e importadas, uma carta de vinhos razoável e boas bebidas.

Achei um tanto caro pelos pratos que serve e o tamanho das porções, como estava focado em assuntos de família deixo para uma segunda visita minha opinião final, só publico este resumo pois lá tem sardinha frita, apesar de achar o preço abusivo. De qualquer modo volto qualquer dia com a Patrícia para uma refeição mais abrangente.

Endereço            Avenida Ipiranga, 200 – São Paulo – SP

Telefone             (11) 3129-7619

Site                        http://www.bardadonaonca.com.br/

Chef                      Janaína Rueda

JOHNNIE WASH – VISITA DE 26/03/2011.

Postado por: José De  Mauro.

Para quem tem uma moto custom este local é conhecido. Misto de lava motos oficina, loja, mecânica e bar acaba sendo ponto de encontro dos proprietários dessas pesos pesados. Enquanto espera sua moto ser lavada dá para passear pela loja, agendar uma manutenção, jogar uma partida de bilhar ou simplesmente comer e beber alguma coisa. Tem uma boa picanha na chapa, porções e lanches além de bebidas em geral e… vende charutos, uma pequena variedade de cubanos e nacionais fica disponível em um umidor próximo ao bar.

A boa notícia é que podem ser fumados no deck da frente, descoberto e permitem que você fume os charutos que leva consigo e não apenas os comprados no local. A frequência é predominantemente masculina, afinal as Harley-Davidson são um bocado pesadas e por isso não muito populares junto as mulheres.

Costuma lotar nas Sextas a noite quando rola um rock ao vivo e nas manhãs dos sábados e domingos.

Endereço            Avenida Doutor Cardoso de Mello, 570 – Vila Olímpia – São Paulo – SP

Telefone             (11) 3044-1195

Site                        http://www.johnniewash.com.br/

ADEGA SANTIAGO – VISITA DE 06/ 03/ 2011.

Postado por: José De Mauro.

Parte da visita que fizemos, a Patrícia e eu a Adega já foi contada no post sobre o vinho Buçaco Reservado Tinto mas faltou falar do restaurante em si. Na verdade a Adega Santiago é um misto entre bar e restaurante onde tanto faz ficar só nos tapas e porções e beber ou enfrentar uma boa refeição. Nesta visita fomos a refeição.

Como escrito no outro post após a espera por um lugar, onde já pedimos o vinho, fomos para a mesa junto com o couvert. De entrada pedimos os tapas do dia, canapés de presunto cru e de bacalhau, quase perfeitos, seguidos pela bacalhoada, muito benfeita também. De sobremesa pedi Goiabada com queijo Taleggio, e a Patrícia Churros com doce de leite, também estavam bons.

Bom atendimento, local agradável, boa comida e boa bebida. O local da Adega é uma rua encostada na Avenida Rebouças mas, por ser contramão parece estar fora de São Paulo, numa cidade mais calma porém descolada.

Endereço            Rua Desembargador Joaquim Caledônio, 16 – São Paulo – SP

Telefone             (11) 3081-5211

Site                        http://www.adegasantiago.com.br/

EL PATIO – 05/02/2011.

Postado por José De Mauro.

Voltamos este fim de semana a um restaurante velho conhecido meu o El Patio. Morei em Moema, a cerca de uma quadra dali por certo tempo e criei na época o hábito de passar por ali quase toda tarde a caminho de casa. Mudei, visitei outros locais, tive outras preocupações e esqueci do local.

Ele continua lá, as mesas externas com seus guarda-sóis ideais para um vinho ou sangria nas tardes de verão, o atendimento e os tapas ideais para petiscar.

A comida também é boa. Nesta visita comemos um robalo em crosta de ervas que surpreendeu, saboroso e leve que, infelizmente dividi com a Patrícia pois tínhamos exagerado nas entradas, Chips de Ramon, presunto espanhol crocante e Lulas fritas, tudo acompanhado por um rosé espanhol, Gran Feudo 2009.

Sobremesas, hoje liberadas, Tartalete de Chocolate com sorvete de creme e Flan al Huevo que veio com dois flans para que eu provasse das duas sobremesas. O Flan  é um pudim de leite feito sem leite condensado e portanto bem menos doce que o usual, meu tipo de doce. Volto para a happyhour.

Endereço            Rua Normandia, 12 – Moema – São Paulo – SP – Esquina com a Avenida Cotovia

Telefone             (11) 5536 0490

Site                        http://www.elpatio.com.br/

Chef                      Ignacio Rebollo