Arquivo da tag: Cohiba

COHIBA 1966 – EDICIÓN LIMITADA – PRIMEIRA FUMAÇA.

Postado por José De Mauro.
Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.
Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.
Mais uma edição especial cubana; esta comemora os 45 anos da fábrica Cohiba. O tabaco foi separado das melhores folhas da Vuelta Abajo da primeira colheita de 2010, fermentadas 3 vezes em barris para domar os aromas.
O charuto tem 165 milímetros de comprimento e 20,64 de diâmetro, 6 ½” por bitola 52, vitola de galera Cañonazo Especial, um charuto grande e imponente, bonito e bem construído sem dúvida. A capa de tonalidade maduro difere das linhas de produção tradicional da marca aproximando-se da linha Maduro 5, acabamento da tampa com rabicho e quase perfeição no formato, exceção a um abaulamento que forma uma leve barriga no meio do puro.
O charuto fumado faz parte dos primeiros que aparecem aqui pelo Brasil, trazidos provavelmente como bagagem. Preço de venda em torno de R$ 100,00 a unidade se for encontrado.
Começo suave com boa evolução, quase perfeito padece de dois problemas que tenho notado nos cubanos mais recentes, um amargor de fundo que atrapalha o prazer e um travo de folhas verdes, provavelmente resultado do pouco tempo de envelhecimento pós fabricação, já fumei outros com estas características e que melhoraram muito após alguns meses de descanso.
Esperava mais de um ícone, como se supõe ser este comemorativo, um Nota 4 em 5 possíveis a ser reavaliado em alguns meses.

Anúncios

COHIBA LANCEROS.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

O Cohiba Lanceros é um charuto especial, historicamente é o primeiro charuto Premium produzido na Cuba pós Castro e em seus primórdios destinava-se apenas ao consumo dos dirigentes cubanos e ao regalo de dignitários de outros países.

Criado em 1964 foi batizado somente em 1968, a partir de 1984 a criação de Eduardo Rivera passou a ser comercializada e, como todo lançamento da marca, a preços altíssimos. Por volta do ano 2000 a qualidade dos Lanceros era lastimável, charutos plugados, fluxo irregular, foi um tempo difícil após o qual aparentemente tudo voltou a normalidade.

O Cohiba, para mim, é um ícone. Carrega o peso de ser o primeiro charuto sério que fumei, na época – 197X, fumava em períodos alternados cachimbo (fumo Amphora vermelho) e cigarros (Camel sem filtro) e ganhei dois Lanceros de um amigo, antes de fuma-los comprei alguns Suerdicks para habituar-me com a novidade “charutos” e alguma pesquisa depois aposentei os cigarros e os cachimbos.

O Cohiba Lanceros é um charuto longo e esguio, tem 192 milímetros de comprimento (7 ½“) e uma bitola de 38, comercialmente é classificado como Panatela Larga e sua Vitola de galera é a Laguito n.º 1, foi o primeiro formato a ser fabricado na fábrica de El Laguito.

A principal característica, dos Lanceros legítimos, cuidado – existem falsificações, é a regularidade de queima e aroma. Tem um início macio e uma evolução constante, com final agradável construção apurada com diâmetro constante e capa de tonalidade homogênea Um excelente charuto que com certeza merece nota 5 em 5 possíveis.

COHIBA PIRÂMIDE – EDICION LIMITADA 2001.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Os formatos tradicionais da Cohiba são cilíndricos e todos eles muito bons. As séries especiais também são, exceto este formato, cilíndricas. Este charuto portanto tem a obrigação de ser notável.

A primeira série deste formato foi lançada com o nome de Torpedo em 1994, embora trate-se de um Pirâmide. Foi novamente lançado em 1999 já com a denominação correta. Outras séries ocorreram em 2001, 2003, 2006 e 2007 tanto em séries exclusivas para o formato quanto em séries conjuntas com outros formatos.

O texto a seguir foi baseado na degustação de charutos da série lançada em 2001. Figurado formato Pirâmide, 156 milímetros com o diâmetro de 20,54 milímetros, bitola 52, mais escuro que a maioria dos Cohibas, tonalidade colorado maduro, brilhante e uniforme.

Parece recém-saído dos escaparates, muito aromático, excelente construção queima perfeita e bom fluxo, muito potente e bastante apimentado, apesar dos 10 anos de idade parece que vai amadurecer por mais outro tanto.

Um Nota 5 em 5 possíveis, raro e caro mas excelente.

COHIBA SIGLO II.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Dos 6 charutos que compõe a “Siglo Series” dois fazem parte da minha lista de produtos de primeira necessidade o Siglo V e o Siglo II. São charutos fáceis de fumar, tem bom fluxo e o aroma embora não seja profundo é bom o bastante. São fáceis de fumar, cabem em porta charutos estreitos que podem ser levados no bolso sem chamar a atenção.

O Siglo II é um excelente charuto com sua fumaça de cerca de 45 minutos é saboroso quase sem ser amargo, tem força média. Comprimento de 5 1/8” (129 milímetros) e bitola 42, vitola de galera Marevas é quase um Petit Corona. Um Nota 4, quase um 5 em 5 possíveis.

COHIBA SIGLO I.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Um pequeno charuto, fuma-se em cerca de 30 ou 40 minutos, um Petit Corona, vitola de galera Perlas, tem 4” (102 milímetros) de comprimento e bitola 40.

Um bom Cohiba, leve amargor que não chega a incomodar, força e aroma compatíveis de nível médio. Fluxo um pouco preso porém sem comprometer e queima correta. Um Nota 3 em 5 possíveis.

Outros posts sobre os Cohibas Siglo Séries:

https://retrogosto.wordpress.com/2011/05/07/cohiba-siglo-series/

https://retrogosto.wordpress.com/2011/04/26/cohiba-siglo-v/

COHIBA SIGLO SERIES.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

A série Siglo foi lançada originalmente em 1994, com 5 formatos, um para cada século da descoberta das Américas e do tabaco por Colombo até este ano, siglo em espanhol significa século.

Aos 5 formatos originais foi adicionado mais um na virada para o século 21. Abaixo a relação dos formatos, com suas dimensões e nomes comerciais e vitolas de galera.

Charuto Bitola Comprimento Vitola de galera Nome comercial Lançamento
Siglo I 40 102 mm 4″ Perlas (Petit Corona) 1994
Siglo II 42 129 mm 5 1/8″ Marevas (Petit Corona) 1994
Siglo III 42 155 mm 6 1/8″ Coronas Grandes (Corona) 1994
Siglo IV 46 143 mm 5 5/8″ Coronas gordas Corona Gorda 1994
Siglo V 43 170 mm 6 3/4″ Dalias Lonsdale 1994
Siglo VI 52 150 mm 5 7/8″ Cañonazo (Robusto) 2002

Mais suaves do que a linha tradicional são boas opções para todos os apreciadores, força e sabor adequados, capas lisas café com leite também bonitos de se apreciar.

Algumas bitolas tal como o Siglo V são difíceis de encontrar por aqui.

Posts já publicados sobre os charutos da série Siglo:

https://retrogosto.wordpress.com/2011/05/12/2079/

https://retrogosto.wordpress.com/2011/04/26/cohiba-siglo-v/

COHIBA BEHIKE BK52.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Cuba, o berço dos charutos modernos tem um problema, competição de outros países produtores. Assim como ocorre com o vinho francês o charuto cubano tem seus competidores, muitos a altura e alguns talvez melhores embora essa análise quantitativa seja difícil. Alguns paradigmas caíram, o charuto cubano já foi o mais forte do mundo, quem provou o Camacho Triple Maduro sabe que hoje não o é mais… Outro problema da ilha é a existência de marcas similares fabricadas pelos antigos donos das marcas cubanas em outros países após a invasão do país pelos comunistas. Restou inovar em outros aspectos, novos formatos, novos blends e criar mercado pela sofisticação, baixa produção e alto preço.

Assim nasceu a linha Behike, 3 bitolas grandes, 52, 54 e 56 fugindo totalmente aos formatos comerciais e adicionando uma quarta folha rara no blend, a médio tiempo, que cresce no topo de algumas plantas de tabaco. O acréscimo dessa quarta folha dificulta a confecção de bitolas estreitas.

Dos 3 formatos da linha o BK52 é o mais fácil de fumar embora forte fica dentro dos limites normais, não o recomende para iniciantes e paladares sensíveis. Nas dimensões 119 milímetros por 20,64 milímetros, um pouco maior do que um robusto, vitola de galera Laguito n.º 4.

Capa colorado claro, muito bonito e com combustão perfeita dá uma fumaça forte e saborosa de aproximadamente 75 minutos que eu recomendo ser precedida de uma boa refeição.

Um nota 5 em 5 possíveis com alguns exemplares tirando nota 4, apenas para paladares experientes e que procurem um charuto forte.