Arquivo do mês: maio 2011

CONSERVANDO SEUS CHARUTOS.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Um charuto Premium é vivo, com o passar do tempo ele amadurece, envelhece e um dia morre. O tempo de vida de um charuto é determinado pelas condições do ambiente em que ele habita.

Por ordem de importância, a umidade, a temperatura e a luminosidade são os fatores que determinarão se seus charutos terão uma velhice tranquila ou morreram precocemente, talvez de modo horripilante. Devido a extensão do assunto cada uma dessas condições será detalhada em outro post.

De modo geral, uma umidade relativa entre 60% e 80%, temperatura entre 15oC e 25oC, umidor protegido de luzes diretas, mas recebendo alguma iluminação, farão seus charutos sobreviverem com dignidade. Ainda hoje existem charutos cubanos “pré-castro” ou seja, fabricados antes de 1959, ano em que Fidel Castro dominou Cuba, em excelentes condições embora a preços astronômicos.

A melhor maneira de armazenar charutos é guardá-los em um umidor, os de madeira ou plástico para 20 ou 50 charutos, mais simples e baratos ou as adegas de charutos, que se auto-regulam e comportam até 50 caixas. Existe ainda a possibilidade de climatizar um ambiente, mas creio que só compensa para estoques comerciais. Construir ou improvisar um umidor também é relativamente fácil.

Guardar seus charutos na geladeira, no banheiro, no armário de roupas etc. realmente não trará bons resultados.

Embora retorne, com os devidos cuidados, a sua condição original de umidade cada ressecamento de um charuto leva consigo parte do sabor e do odor e mesmo que fisicamente continuem parecendo seu charuto preferido a cada recuperação ele perde aroma e pode terminar parecido com um punhado de folhas de capim enroladas. Existe ainda o risco de danificar a capa do charuto entre um ressecamento e nova umidificação.

Na primeira foto deste post podemos observar um umidor tipo vitrine, com sua tampa superior de vidro aberta, tendo nas extremidades as almofadas para água e no centro o higrômetro analógico.

A segunda foto mostra um umidor para mesa de escritório, com chave e locais para canetas e miudezas, acabamento em fórmica imitando radica.

A terceira foto mostra uma coleção de acessórios, higrômetros de tamanhos variados, quanto menores mais baratos e menos confiáveis, almofadas para água diversas, uma bomba para injetar água nas almofadas e um pires de café com alguns guardanapos de papel dobrados e que umedecidos, que funcionam muito bem no lugar das almofadas.

Anúncios

ROMEO Y JULIETA SHORT CHURCHILL.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

No formato Robusto, 124mm X 20mm este pequeno charuto é uma fumada de 50 minutos bastante saborosa.

Vem em caixas de 10 ou 25 unidades e sua base de preço, em revendedores brasileiros, é de R$ 400,00 pela caixa de 10.

Capa cor colorado, bonita com leve brilho, nervuras salientes, são levemente achatados pela pressão exercida pela caixa.

Aroma e força médios e compatíveis, quase sem amargor e com um toque apimentado na ponta da língua. Os charutos provados apresentavam o corpo pouco apertado parecendo falta de consistência na fabricação embora isso não atrapalhe sua evolução. Caso pretenda comprá-los procure os mais consistentes ao toque dos dedos.

Um charuto Nota 3 em 5 possíveis, fácil de fumar acompanhado de um café expresso. Para as degustações costumo acompanhar o charuto apenas com água mineral com gás.

CHARUTOS – AS CORES DA CAPA.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Os Funcionários responsáveis pela classificação dos charutos pela cor da capa em uma fábrica conseguem identificar uma grande gama de tonalidades, de 40 a 200 conforme a fonte consultada.

Para nós consumidores sete cores básicas são as referencias do mercado. Coloco em negrito os nomes mais usados para essas cores, vamos a elas:

-Doble claro, candela, claro claro, jade, louro ou AMS (American Market Selection).

A mais clara das capas, cor próxima ao amarelo, puxando um pouco para o verde. Obtida por secagem rápida da capa que retém a clorofila da folha. Normalmente as folhas são ásperas.

Padrão aproximado CMYK 55/50/60/0.

-Claro, colorado claro ou Habano fulvo.

Resultado do cultivo da planta a sombra, tonalidade de um castanho amarelado. Um pouco mais escuro do que a anterior e sem o verde, normalmente capas de sabor neutro.

Padrão aproximado CMYK 35/60/80/0.

-Colorado claro, castanho claro, natural, café com leite ou EMS (English Market Selection).

Marrom médio, a cor das folhas cultivadas ao sol. Cor da maioria dos Cohiba.

Padrão aproximado CMYK 40/60/80/20.

-Colorado.

Um marrom avermelhado de médio para escuro. Considerada uma cor indicativa de capas cultivadas a sombra e bem maturadas. Sabor marcante e odor delicado.

Padrão aproximado CMYK 35/60/80/30.

-Colorado maduro ou castanho.

Tonalidade marrom de médio para pouco mais, sabor rico, porém pouco forte com odor complexo.

Padrão aproximado CMYK 35/60/80/40.

-Maduro.

Capas de odor suave, porém com sabor de médio para forte e ligeiramente doce. Sua cor é próxima do café torrado em grão. Normalmente vem em charutos mais encorpados.

Padrão aproximado CMYK 45/60/50/40.

-Oscuro, preto ou negro.

Feito das folhas do topo da planta, deixadas ao sol por mais tempo e mais fermentadas. Tem cheiro mais forte e sabor levemente adocicado.

Padrão aproximado CMYK 60/60/50/40 ou mais escuro.

CMYK é o padrão utilizado para definir digitalmente cores de impressão e indica as porcentagens de Cian/Magenta/Yelow/Black necessários para compor determinada cor.

As combinações CMYK que indico acima foram determinadas visualmente, de modo bem amador, e servem como referencia aproximada. Uso como referencia o livro “Process Color Manual”, autores Michael e Pat Rogondino, editora Chronicle Books, datado do ano 2000, que custa cerca de US$70.00 na Amazon.

A primeira foto mostra alguns charutos de diferentes tonalidades, a segunda foto a cor aproximada de cada padrão acima descrito.

CHURRASCO NA COZINHA.

Postado por: José De Mauro.

Sou um humano que faz jus ao título de onívoro. Salvo certos insetos, alguns mais digamos… agressivos e duas manias herdadas da infância, como praticamente tudo. Ressalvas feitas a produtos industrializados, por exemplo: nunca comi um hambúrguer do Mac! E não pretendo comer, assim como desconsidero molhos, temperos e caldos prontos e todas as massinhas e sopinhas prontas… Mesmo sendo onívoro tenho certa predileção pela carne: porco, pato e boi, nessa ordem são para mim a suprema criação no quesito alimentos. Falta dizer ainda que carne de boi apenas malpassada, qualquer outro ponto dificilmente me satisfaz. Moro num apartamento antigo, sem churrasqueira na varanda e quando bate a vontade comer um bom churrasco é necessário improvisar, este post é um apanhado de dicas sobre como fazer churrasco na cozinha.

Ingredientes para 2 porções:

Uma peça de carne macia de 600 a 750 gramas

Azeite de oliva para fritar

1 colher de café de açúcar

Sal marinho a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Acompanhamentos a seu gosto

Modo de fazer:

Primeira fase: Comprar a carne. Evite carnes duras, o que acaba acontecendo na maioria das vezes, os dois únicos fornecedores que considero confiáveis são a Wessel e a Bassi, todos os outros, do açougue da esquina a fornecedores com alguma tradição já falharam. Nada é mais decepcionante do que sentir a carne resistir a faca quando é a única coisa que se pode cozinhar no momento, portanto não arrisco.

Segunda fase: Preparar a cozinha. Carne faz fumaça, muita fumaça, sua coifa/ exaustor não vai dar conta, tenho um chapéu de aço inox que cobre o fogão com cerca de 5 centímetros de folga por lado, o motor do exaustor tem ½ cavalo e o duto apenas 30 centímetros de comprimento e mesmo assim não dá conta, feche portanto todas as portas da cozinha, da área de serviço e da sala a menos que goste do cheiro de churrasco pela casa toda. Se não quiser ficar cheirando a churrasco proteja-se também.

Terceira parte: Preparar a carne. Costumo comprar a carne em um único pedaço e separa-lo em duas porções aqui em casa, um pedaço mais fino para a Patrícia que, gosta quase ao ponto e come menos e um maior para meu consumo que ao ser preparado ao mesmo tempo vai ficar com o miolo malpassado.

Finalmente, vamos ao preparo: Em uma frigideira antiaderente e fogo alto espalhe o açúcar e deixe caramelizar (aprendi este truque com a Patrícia, no final do processo, devido ao calor o açúcar praticamente perde a doçura). Adicione o azeite e mexa para misturar ao açúcar. Em seguida coloque a carne e deixe dourar, cerca de 3 a 4 minutos, virando-a em seguida, deixe dourar o segundo lado pelo mesmo tempo – caso seja necessário mude a posição da carne na frigideira para pegar locais aonde ainda exista açúcar caramelizado, aproveite para salgar o lado já dourado, vire a carne mais uma vez, salgue o segundo lado e deixe por tempo suficiente para dar o ponto desejado, para o quase ao ponto e o malpassado aqui de casa cerca de mais 2 minutos. Retire a carne da frigideira e deixe descansar por uns 5 minutos em local aquecido.

Se quiser fazer um acebolado aproveite a frigideira usada da carne, colocando um pouco mais de azeite e refogando a cebola no caldo que se forma, acerte o sal no final do refogado.

Costumo colocar a pimenta do reino na carne após tira-la da frigideira, a Patrícia não gosta muito de pimenta e isso tem que ser respeitado.

MONTECRISTO GRAND EDMUNDO.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Lançado em 2010 durante o XII Festival de Havana – Cuba, este charuto de edição especial somente chegou por aqui trazido na bagagem de alguns viajantes fumadores. Por isso é praticamente impossível encontrá-lo no Brasil e somente com muita sorte para colocar a mão em um deles.

Vem em caixas de 10 unidades e sua base de preço, em sites europeus é de 150 euros pela caixa.

Produzido na vitola canhonaço, 52 (2,06 cm) comprimento de 6 polegadas (15 centímetros). Este tamanho era exclusivo do Cohiba Siglo VI e agora vem em um Montecristo de aparência poderosa, dá prazer em portar.

Capa cor maduro, bonita, brilhante, com textura levemente rugosa.

Qualidades: aparência, aroma, para quem gosta dos mais fortes, força 4 em 5, consistente e com um sabor e um olfato únicos, suave na boca sem ser doce e forte na garganta.

Defeitos: queima irregular, brasa mal formada e corpo solto demais após o primeiro terço, tanto na construção como no fluxo.

Um excelente Nota 4 em 5 possíveis, se tiver oportunidade prove – vale a pena.

SALADA MORNA DE FOLHAS E CAMARÃO.

Postado por Patrícia De Mauro.

Aqui em casa ainda estamos seguindo com uma alimentação leve, mas com este tempinho fica tão difícil comer uma saladinha, então pensei em fazer alguma coisa que desse gosto em comer e ainda uma esquentadinha sem que seja só caldos e afins. Gostei bem desta ideia, a mistura de leite de coco com o manjericão ficou bem interessante, sugiro que provem. Nunca provei nada parecido, a ideia apareceu na minha mente e pronto, fui a cozinha! Vamos ao camarão:

Ingredientes para 2 porções:

Azeite – utilizei um azeite aromatizado de limão

250 gramas de camarão

3 dentes de alhos picados

1/2 cebola média

10 tomates cereja picado

200 ml de leite de coco light

20 folhas de manjericão

Sal a gosto

Folhas diversas de sua preferencia, o quanto baste

Modo de fazer:

Bata o leite de coco com o manjericão, use um mixer, reserve.

Refogue a cebola com o azeite e junte o alho e cozinhe por 1 minuto em fogo brando, jogue o camarão refogue até que ele fique branco e misture os tomatinhos, refogue por 30 segundos e junte o leite de coco batido com manjericão deixe mais 45 segundo e pronto. Se preferir jogue o azeite para finalizar este com limão fica ótimo na finalização, após aquecer ele perde um pouquinho o sabor e o aroma.

Outro toque – senti falta de um pouquinho de pimenta do reino branca, fica a dica.

Você pode trocar a salada de folhas por uma massa, fica muito bom. Optei pela salada para não comer massa a noite, o creme, acompanhado por torradas, pode ser servido como entrada também. Prove mais esta receita.

CHARUTOS – BITOLAS DO CUBAN CIGAR WEBSITE.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Este post fecha o tema das dimensões dos charutos. O sistema do Cuban Cigar Website é bastante amplo e fica praticamente impossível fabricar um charuto que escape de sua classificação. Por outro lado cria denominações não usuais em relação ao mercado e só conheço o uso desta classificação nesse site, portanto não é abrangente e amplia bastante algumas das dimensões usuais para vários formatos. De qualquer modo é um sistema inteligente e consistente, inclusive para os novos lançamentos cubanos. Vamos a tabela:

NOME DIÂMETRO COMPRIMENTO EM POLEGADAS FORMATO
Perfecto gigante Todos Acima de 8 Figurado fechado
Double perfecto Todos De 6 3/4 a 7 7/8 Figurado fechado
Perfecto Todos De 5 1/8 a 6 5/8 Figurado fechado
Petit perfecto Todos Abaixo de 5 1/8 Figurado fechado
Double piramide Todos Acima de 6 3/4 Figurado aberto
Piramide Todos De 5 1/4 a 6 5/8 Figurado aberto
Petit piramide Todos Abaixo de 5 1/4 Figurado aberto
Culebra Todos Todos Composto
Robusto gigante Acima de 49 Acima de 8 Cilindrico
Double robusto Acima de 49 De 6 1/4 a 7 7/ 8 Cilindrico
Robusto extra Acima de 49 De 5 1/2 a 6 1/8 Cilindrico
Robusto Acima de 49 De 4 3/4 a 5 3/8 Cilindrico
Petit robusto Acima de 49 Abaixo de 4 3/4 Cilindrico
Churchill 47 7 Cilindrico
Corona gigante De 45 a 49 Acima de 8 Cilindrico
Doble corona De 45 a 49 De 6 3/4 a 7 7/8 Cilindrico
Gran corona De 45 a 49 De 5 1/2 a 6 5/8 Cilindrico
Corona extra De 45 a 49 Abaixo de 5 1/2 Cilindrico
Lonsdale De 40 a 44 Acima de 6 1/4 Cilindrico
Corona longo De 40 a 44 De 5 3/4 a 6 1/8 Cilindrico
Corona De 40 a 44 De 5 1/8 a 5 5/8 Cilindrico
Petit corona De 40 a 44 Abaixo de 5 1/8 Cilindrico
Panetela longa De 35 a 39 Acima de 6 3/4 Cilindrico
Panetela De 35 a 39 De 5 1/2 a 6 5/8 Cilindrico
Short panetela De 35 a 39 Abaixo de 5 1/2 Cilindrico
Panetela fino Abaixo de 35 Acima de 5 1/2 Cilindrico
Panetela pequeno Abaixo de 35 Abaixo de 5 1/2 Cilindrico
Cigarillo Abaixo de 29 Abaixo de 4 1/4 Cilindrico