Arquivo da tag: charuto cubano

SHORT HOYO PIRAMIDES – PRIMEIRA FUMAÇA.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Estão desembarcando no Brasil os primeiros exemplares dos charutos cubanos da edição limitada 2011, importados pelo representante oficial da Habanos S. A. e eu já consegui por a mão em alguns. Até agora tinha fumado alguma coisa comprada na Europa ou trazida de lá por amigos que normalmente a base de troca cederam alguns exemplares desses novos charutos.

Caso deseje adquirir alguns o Roma Cigar Bar está comercializando parte das novas bitolas por unidades ou caixas.

O primeiro que fumei foi este pequeno pirâmide de 5 ¼” de comprimento e bitola 46 – 135 milímetros por 18,26 milímetros, feito de tabacos cubanos envelhecidos por 2 anos o formato recebeu o nome de Forum como vitola de galera.

Uma fumada de 60 minutos saborosa e adequada para quem aprecia os cubanos mais suaves, um charuto suave em termos de força mas bastante aromático, características condizentes com a marca com um custo por volta de R$ 50,00 a unidade – um nota 4 em 5 possíveis. Algumas características indicam que o charuto ainda não está totalmente pronto, devendo amadurecer e melhorar nos próximos meses mas não creio que evolua para uma nota 5.

Anúncios

MONTECRISTO No. 2 – PIRÂMIDE.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Depois de fumar a edição especial do Gran Reserva da Montecristo sai atras do charuto original, o No. 2 da marca. Mesmas dimensões porém com certeza um puro diferente, mais simples porém igualmente saboroso.

Mesmas dimensões nominais, 156 milímetros de comprimento por um diâmetro de 20,64 milímetros – 6 1/8” com a bitola de 52, capa mais clara normalmente variando entre as caixas de colorado claro e colorado, aroma menos cheio do que a edição especial e um pouco mais agressivo na boca e nariz mantendo ainda assim o aroma compatível, uma versão mais simples porém gostosa de fumar e muito mais acessível no Brasil.

Um nota 3, quase um4 que vale o preço, em torno de R$ 50,00 a unidade. Alguns autores referem-se a ele como o charuto mais conhecido no mundo, embora vago quanto ao significado exato do título creio que ele demonstra a fama do charuto. Na foto de abertura aparecem 3 charutos No. 2 ao lado de 3 charutos Gran reserva.

VEJA COMO SE ENROLA UM CHARUTO.

Postado por: José de Mauro.

Neste sábado um funcionário da fábrica Cohiba – Havana, Cuba estará no Roma Cigar Bar – La Casa Del Habano confeccionando charutos para venda ao público. Será um bom momento para tirar dúvidas sobre os puros e discutir assuntos ligados ao meio charuteiro.

E como em todo sábado tem feijoada com cachacinha grátis.

Endereço            Alameda dos Jurupis, 1402.

Telefone             (11) 5542-7324

Site                        http://www.romacigarbar.com.br

MONTECRISTO GRAN RESERVA – No. 2 COSECHA 2005 – PRIMEIRA FUMAÇA.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Este ano foi a vez do lançamento do Gran Reserva pela marca cubana Montecristo. O escolhido foi o Montecristo No. 2 Pirâmide, um figurado aberto no pé com 156 milímetros de comprimento e 20,64 milímetros de diâmetro – 6 1/8” X 52, confeccionado na fábrica da H. Upmann em Havana. Utilizou-se tabacos da colheita de 2005 maturados por 5 anos o que propicia um charuto forte porém com força e aroma compatíveis, apimentado e muito bom na boca, levemente agressivo ao nariz.

Um excelente Nota 4 em 5 possíveis que começa a aparecer por aqui custando acima de R$ 100,00 a unidade. Foram fabricadas apenas 5000 caixas deste blend e portanto será bastante difícil por a mão em uma delas.

SANCHO PANZA BELICOSOS.

Postado por: José De Mauro.

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.

Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.

Esta marca de cubanos não é trazida pelo importador ao Brasil, portanto só é acessível comprado fora do país ou trazido por algum fumador ou amigo. São montados com folhas mais maduras, portanto diferem um pouco das linhas de cubanos que estamos acostumados.

Muito bem construído, pé levemente quadrado devido a pressão da caixa, tem a capa brilhante e escura – maduro – com 5½“ de comprimento pela bitola 52, equivalentes a 140 milímetros de comprimento por 20,64 milímetros de diâmetro, vitola de galera “Campanas” é comercializado como Belicoso embora tenha diâmetro maior do que o consagrado para esta denominação de mercado.

Um cubano de sabor médio com força um pouco abaixo disso, tem um leve apimentado e é tranquilo ao nariz. Queima bem e deixa cinza escura e compacta. Uma boa fumaça, Um Nota 3 em 5 possíveis que só não tirou um 4 porque necessitou de correção na linha de queima e formou a brasa fora de centro.

COHIBA 1966 – EDICIÓN LIMITADA – PRIMEIRA FUMAÇA.

Postado por José De Mauro.
Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.
Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros.
Mais uma edição especial cubana; esta comemora os 45 anos da fábrica Cohiba. O tabaco foi separado das melhores folhas da Vuelta Abajo da primeira colheita de 2010, fermentadas 3 vezes em barris para domar os aromas.
O charuto tem 165 milímetros de comprimento e 20,64 de diâmetro, 6 ½” por bitola 52, vitola de galera Cañonazo Especial, um charuto grande e imponente, bonito e bem construído sem dúvida. A capa de tonalidade maduro difere das linhas de produção tradicional da marca aproximando-se da linha Maduro 5, acabamento da tampa com rabicho e quase perfeição no formato, exceção a um abaulamento que forma uma leve barriga no meio do puro.
O charuto fumado faz parte dos primeiros que aparecem aqui pelo Brasil, trazidos provavelmente como bagagem. Preço de venda em torno de R$ 100,00 a unidade se for encontrado.
Começo suave com boa evolução, quase perfeito padece de dois problemas que tenho notado nos cubanos mais recentes, um amargor de fundo que atrapalha o prazer e um travo de folhas verdes, provavelmente resultado do pouco tempo de envelhecimento pós fabricação, já fumei outros com estas características e que melhoraram muito após alguns meses de descanso.
Esperava mais de um ícone, como se supõe ser este comemorativo, um Nota 4 em 5 possíveis a ser reavaliado em alguns meses.